segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

PROCURA-SE: Incompetentes, Preguiçosos e Pouco Qualificados


Em cada 100 currículos que analiso, aproximadamente 95 começam com uma referência aos atributos pessoais que o candidato acredita possuir. 

A lógica aqui é que essas palavras descritivas vão provar as capacidades da pessoa e torná-la um candidato mais desejável aos olhos do recrutador. Eu acredito realmente que usar estas palavras torna o candidato muito menos desejável.

Abaixo segue uma lista de algumas das palavras descritivas mais utilizadas num CV.
  1. Altamente qualificado
  2. Trabalhador árduo
  3. Trabalhador de equipe
  4. Resolve problemas
  5. Flexível
  6. Bom relacionamento interpessoal
  7. Com iniciativa própria
Agora vamos pensar nos significados opostos destas palavras:
  1. Não qualificado
  2. Preguiçoso
  3. Solitário
  4. Cria problemas
  5. Inflexível
  6. Odeia pessoas
  7. Lesma
1. Antes de incluir uma palavra descritiva no seu CV, pense no seu oposto. 
Em praticamente todos os casos, vai ser uma palavra que você nunca vai querer utilizar para o descrever. O que isto significa é que todas as palavras, que expressam atributos pessoais, que você utiliza no seu CV são um dado adquirido e assumir o oposto é um tanto ou quanto comico. Os recrutadores não precisam saber que você é qualificado ou trabalhador em equipe. Eles precisam de ver isso.

2. Em vez de afirmar-se, demonstre.
Em vez de afirmar-se um trabalhador árduo, mostre um exemplo de uma situação onde fez o que tinha de ser feito de maneira a terminar um projeto no prazo previsto. 
Em vez de dizer que resolve problemas, descreva um momento onde você enfrentou um problema de maneira diferente e alcançou resultados excepcionais. 
Em vez de dizer que é alguém que possui bom relacionamento com as pessoas, ilustre com um exemplo de como construiu relacionamentos com clientes ou orientou os colaboradores.

Siga esta lógica também para o seu perfil no LinkedIn.

Barbara Safani é consultora nas áreas relacionadas com o desenvolvimento organizacional. Colabora com diversas empresas da revista Fortune 100 e com indivíduos na criação de soluções de networking, procura de emprego e negociação salarial.
by Portal Gestão

Como fazer um VÍDEO CURRÍCULO ???
Aproveite esta inovação! 
Abaixo algumas dicas:

1. Procure ficar à vontade diante da câmera. Grave alguns testes antes do vídeo final para se acostumar com o equipamento.
2. Olhe diretamente para a câmera. É o recrutador que está do outro lado ouvindo você.
3. Um detalhe que poderá melhorar a imagem diante da tela é a maneira como você se senta. Fique alinhado e mantenha a postura.
4. Se vista como se estivesse participando de uma entrevista presencial: roupas elegantes, mulheres maquiadas discretamente.
5. Escolha um cenário adequado para a gravação, como um escritório ou um espaço neutro e de decoração neutra. Com figurino e cenário definidos, é hora de cuidar do conteúdo.
6. Elabore um roteiro do que falará e com os mesmos assuntos do seu currículo: apresentação, objetivos, formação e experiência, entre outros.
7. Se domina algum idioma pode arriscar mostrar o que sabe durante a sua apresentação.
8. Procure memorizar as informações, evitando ler durante a gravação, assim passará uma impressão mais confiante.
9. Seja breve e objetivo: o ideal é que seu vídeo tenha, entre 3 a 4 minutos.  



COMO PUBLICAR ???
a) Faça seu vídeo e armazene-o em qualquer serviço de vídeo online. Alguns exemplos gratuitos: YouTube, Vimeo, Dailymotion, etc.
b) Ao finalizar o upload do vídeo no serviço de vídeo online escolhido, copie a URL - o endereço dever ser completo. Exemplo: http://youtube.com/xxxxxxxx.
c) Em seguida cole a URL - o endereço completo do seu vídeo, no espaço onde você pretende divulgá-lo.
Pronto! Seu vídeo está disponível para ser consultado pelos profissionais das empresas. 
 

Total de visualizações de página